Mais de 200 Municípios podem ter FPM bloqueado; CNM orienta sobre procedimentos a serem adotados

Prefeitos devem participar de encontro sobre correta aplicação de recursos nos Municípios
13/01/2017
A menos de duas semanas do prazo final, apenas dez Municípios homologaram dados no Siops
17/01/2017
Exibir Tudo
Um total de 202 Municípios podem ter o repasse do segundo decêndio do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) bloqueado pela Receita Federal do Brasil (RFB), por possuírem irregularidades. A informação é da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). Em geral, o bloqueio ocorre por atrasos no pagamento das guias do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep).
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) orienta os gestores municipais na tentativa de prevenir a ocorrência de apontamentos, devido ao descumprimento de preceitos legais como da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). Além disso, a entidade sugere a realização de ações que proporcionem a sustentabilidade de sua gestão, em especial aquelas voltadas à arrecadação, à tributação e à melhor administração dos recursos oriundos de transferências constitucionais como o FPM.
Para tanto, a CNM elaborou Nota Técnica específica sobre os bloqueios, em que detalha os passos a serem tomados pelo Municípios. A entidade informou a todos os 202 gestores sobre o possível bloqueio na manhã desta segunda-feira, 16 de janeiro, por meio de mensagens no celular.
A Nota Técnica está disponível em nosso acesso restrito a Municípios contribuintes. Caso seu Município não tenha o login e a senha, contate a CNM pelo número (61) 2101-6058.
Acesso à área restrita aqui.
Fonte: CNM / Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017 – 
http://www.cnm.org.br/noticias/exibe/mais-de-200-municipios-podem-ter-fpm-bloqueado-cnm-orienta-sobre-procedimentos-a-serem-adotados