Tribunal de Contas SP cobra transparência do Terceiro Setor

CNM orienta gestores sobre o Projeto de Lei Orçamentária para 2021
14/10/2020
Receita Federal cria novo canal de atendimento para solicitação de desbloqueio do FPM
15/10/2020
Exibir Tudo

 O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, por meio do Comunicado SDG nº 49/2020, determinou que os órgãos públicos estaduais e municipais responsáveis por repasses a entidades do Terceiro Setor deem mais transparência aos atos que envolvam recursos públicos.

De acordo com o Comunicado, publicado na quinta-feira (9/10) no Caderno Legislativo do Diário Oficial do Estado, os órgãos e as entidades do Terceiro Setor devem demonstrar, de forma detalhada e atualizada, os gastos custeados com os recursos públicos que foram repassados e divulgar as informações tanto nos Portais de Transparência dos órgãos concessores quanto das entidades beneficiárias.

O Comunicado traz ainda uma série de desatendimentos encontrados pelo órgão de controle externo relativos à legislação e às determinações proferidas pela Corte de Contas paulista, tais como: ausência da relação de contratações, de prestadores de serviços e da remuneração individualizada dos dirigentes e empregados custeados com recursos públicos.

Em caso de descumprimento das determinações estabelecidas, o fato será levado em consideração quando da análise das contas anuais, podendo ensejar no encaminhamento ao Ministério Público Estadual e na adoção de outras providências que assim determinarem os Conselheiros-Relatores dos processos.

Acesse a íntegra do Comunicado SDG nº 49/2020.

 

Fonte: TCESP / Quinta-feira, 15 de Outubro de 2020 – 

https://www.tce.sp.gov.br/6524-tribunal-contas-cobra-transparencia-terceiro-setor